Reid, Doode, Wiu, Lil Whind - DRIP DA ROÇA 2 | Versão BREGADEIRA | By. WANTED No Beat



Artistas: Reid, Doode, Wiu, Lil Whind

Musica: DRIP DA ROÇA 2

Remix: WANTED



LETRA:

[Reid] Yeah, êh Só fodo na pele, bitch de ladin' Me pedindo CEP, é 3-9-5 (uh-uh) Tu não tem o swag, tu não tem o swing Eu só faço do bom, cês acha ruim

Ouro na minha pele é mais de um milhão Joguei diamante, lean no meu colchão Já surfei no hype, tô prateadão Surfo na minha vibe, outra dimensão

Hoje eu me sinto diferente Quero ganhar dinheiro, botar ouro no dente (yeah-uh) Vou comprar essa porra, pode anotar na lista Em 2021 o bonde tá na pista

Tu tem que entender que vamo dominar Tô vendo de longe invejoso chorar, ay (botei pra cantar) Minha música vicia, eu sou Pablo Esco- (Escobar)

Já tá passando dias, e dias, e dias E o dinheiro sempre caindo na conta (sempre) Hoje se eu gastar, eu mesmo pago a conta Se eu fiz isso à toa, estourei mais uma bomba

O Reid te assombra (pow) E você pode ficar com medo quando o moshpit começar (yeah) Mano, eu tô à toa, tô sempre de boa Só tenta não me atrasar

[Doode] Mano, eu vi o crime e me esquivei Joias caras, não acho no eBay Tua mina te acha um cara fei' Eu sou debochado, gasto tudo com a gang

Essa vida tá ficando chata (hey), eu tô mal acostumado Com tudo que envolve fama Eu já falei que eu sou debochado E todas vadias querem tá na cama

Para, não me olha com essa cara, não (hey, yeah, yeah) Faço tu-dum, te deixo no chão Eu já falei que eu sou raro, não entendeu, não? Então paga pra ver o show do milhão

Doode, vim da roça, bae Nordeste botando 'cês tudo no bolso Respeita que não somo bom moço (ahn) Se tu vacilar, a Glock vai furar (OG)

Respeita esse time, chegou pra ficar Minha tropa tá em outro patamar A minha Glock faz tu-tu-tu-tu-pá Esse dom é raro, então não vai copiar

A roça chegou pra tomar seu lugar Vejo os manos pingando drip onde andar A minha bitch só quer joia rara Comprei grife cara pra ela poder desfilar

Nesse salão vermelho (wow), nego, acabou teu sossego Implantei drip na roça pra ver os meus manos bem Autoestima além (uh), faço chover notas nesse lugar

[WIU] Isso não é brinquedo de brincar, então sai do mei' Essa aqui eu fiz, e nem na caneta eu encostei Foda é que essas groupie tudo quer fuder com o meu DJ Porque o WIU é muito pica, mas teu ex é muito fei' (hey)

WIU, me diz por que tu é assim? Eu juro que eu nem sei O barulho do meu bonde na pista faz: pey-pey Ultimamente eu notei que eu não consigo mais errar Tô fazendo tanto gol, me chamam de menino Ney

Para, não me olha com essa cara, não Não me enche o saco que hoje o pai tá on (ahn) Derrubo esse uísque, nego, só golão Derrubo essa inveja, com meu três oitão

Rico e cheiroso, tu quer mais o que? Gata, eu vim da roça, eu boto pra fuder (yeah) Essa concorrência tem futuro, não Toca pro pivete que sabe fazer

Hoje o meu som sequestrou teu ouvido (ah-ah) Usando o dom que me foi concedido Divido a bênção pra quem tá comigo 30 no sangue, salve meus amigo (30, 30)

Um dia eu sumi, depois fui esquecido Geral achava que eu tava fudido (ih, ih) Olhei pro céu e pedi um sinal Deus disse, filho, você tem estilo (o que eu mais posso ter?)

Inspiração do lugar de onde eu vim Eu nunca dei chance, ninguém deu pra mim (ahn, ahn, ahn) Cê vai me desculpar por que eu prefiro assim Só meus planos sozin' que é mais grana pra mim (ahn, ahn, ahn) Minha sina é me provar e viver na busca do din' Minha sina é me provar e viver na busca do din'

[Lil Whind] Eu tô sempre com sede ao pote (ye-yeah) Sem perder meu rumo, sem contar com a sorte Venho de um lugar onde é a fé que move Então me benzo sempre antes do meu corre, yeah

Viajando o mundo e gastando os malote Na roça vivendo, tipo Rick e Morty Ela quer saber quanto eu ganho por mês É tipo as vizu' que eu pego no meu story, yeah

Eu sou meio sempre solto, puderam prever Cangaço no Trap, boto pra fuder Essa é a diferença de mim pra você Tiro do papel, faço acontecer (yeah)

No mundo das nuvens, não tiro os pés do chão Whind Wonka do sertão Só canto esse verso e na conta já entrou um milhão (uh)

A fantástica fábrica de macaxeira Tira a casca com a faca e vai pra forrageira O brinquedo ali era de furar Era realidade, mano, que doideira

Depois de triturado, mando pra peneira Aquamel balançado, vai pra frigideira Ahn, num calor de Oompaloompa passar mal Depois de um minutin', a mágica tá feita

No mundo das nuvens, não tiro os pés do chão Whind Wonka do sertão Só canto esse verso e na conta já entrou um milhão

No mundo das nuvens, não tiro os pés do chão Whind Wonka do sertão Só canto esse verso e na conta já entrou um milhão (Lil Whind)



7 visualizações0 comentário